É PRIMAVERA!

É PRIMAVERA!

Na estação mais bonita do ano, podemos contemplar belíssimos exemplares desabrochando por todos os lugares onde passamos.

A Bougainvillea (Primavera) começa a florir na estação onde o nome mesmo condiz, e termina sua floração no final do outono, dependendo da região e cultivo, podem florescer o ano todo!

A planta é muito cultivada pelo mundo todo, porém, a espécie é Brasileira.

Descoberta pelo navegador francês Louis Antoine de Bougainville em 1790, (deu seu nome a planta). Levou para a Europa e de lá a primavera se espalhou pelo mundo.

Muitos a conhecem pelo nome de "três marias" devido as flores bráctes serem em grupos de três.

Possui outros nomes populares como: ceboleiro, cansarina, flor de papel, buganvile, buganvília, pataguinha, pau de roseira, roseiro, roseta, santa Rita e sempre lustrosa.

Há duas espécies de Primavera, a Bougainvillea Glabra e a Bougainvillea Spectabilis.

Existem algumas características diferentes entre elas.

Por exemplo:

A Bougainvillea Glabra possui folhas pequenas, lisas, levemente alongadas e brilhantes, suas flores são maiores devido seus cachos serem em grandes quantidades, possui poucos espinhos.

É uma espécie intensamente melhorada.

Já a Bougainvillea Spectabilis, é um arbusto lenhoso, possuem muitos ramos, espinhento, as folhas são ovais de textura fina e flores pequenas, nas cores branca, rosa claro, coral, carmim, lilás, alaranjada e amarelo ouro. Suas flores costumam se formar nas pontas dos ramos.

Ambas multiplicam-se por estacas e alporques, são muito resistentes a geadas, gostam de sol pleno, adubo químico, adubo orgânico e pouca rega.

A Primavera não é muito exigente quanto aos cuidados.

Pode ser replantada em qualquer época do ano, desde que haja sombra em alguma parte do tempo e regas frequentes até que ela se adapte ao local, pode utilizar adubo NPK 04-14-08 (Sempre respeitando as instruções da embalagem, pois adubo em excesso pode matar qualquer planta!).

Ao replantá-la, tome cuidado ao retirar do vaso menor onde ela se encontra, procure deixar a terra das raízes bem compactas para que não se desmanche.

Se plantada em vaso, deve-se respeitar o tamanho da planta conforme suas raízes.

 

Assim que a planta começar a se desenvolver, não são necessário as regas diárias, apenas 2 ou 3 vezes por semana dependendo do clima.

Seu crescimento é bastante rápido, porém, realizando podas frequentes; a planta pode florir mais e adquirir formatos muito bonitos e desejados. 

Posted on 2015-11-17 Home, JarDICAS 0 758

Leave a CommentLeave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Postagens por data

#Jardicas

Latest Comments

No comments

Blog search

Related articles

Compare 0